sexta-feira, 5 de junho de 2015

Everything is Blue

“Everything is grey
His hair, his smole, his dreams
And now he's so devoid of color
He don't know what it means
And he's blue 
And he's blue"


     E olhava ao redor de si, um mundo vasto cinzento onde poucas eram as pessoas com cores e  que jogavam um pouco de tinta por entre as esquinas turvas da cidade, alegrando alguns corações juvenis.
     Andava por entre as ruas perdida, queria encontrar a cor pra enfeitar os dias cinzas e manchados.....Olhava as pequenas coisas que ainda mantinham a cor que a encantava. A árvore verde, o passarinho amarelo, o céu.....ah, o céu se mantinha azul, e era ele que a orientava por entre as ruas daquele mundo tão fumacento. 
     O Azul era o que buscava. O azul que tinha gostos, cheiros, momentos cheios de sorrisos...
      Corria agora acompanhando aquela imensidão acima de si, como se alguém estivesse ali, mostrando que em um mundo tão triste, ela não estava sozinha. 
      Ela dançava agora por entre os carros e as pessoas que possuíam faces tristes, que a encarava, pois era estranho o seu modo de viver, o seu jeito de saltar.
      O céu tinha se fechado em uma cor mais turgida, e se iniciou aquela chuva de verão. Ela agora deixava as gotas transparecerem por entre a face olhando ao alto. Não existia tristeza naquele momento, não existia medo, não existia solidão, não existia cinzas em seu coração. 
     Em um instante algo chamou sua atenção, algo no horizonte molhado, ao lado daquele bar onde costumava ir. Era alguém que estava de vermelho, mas que olhava como quem queria viver daquele intenso azul....


Música inspiradora: https://www.youtube.com/watch?v=Ndn0ulIg_qU
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Pensamentos inusitados | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes