quarta-feira, 19 de novembro de 2014

O ballet da chuva


Olho pela janela e as gotas no céu escuro caem elegantemente, a cada gota escorrendo pela janela fixo o meu olhar. Os pés molhados de quem chega sempre correndo e abrindo a porta aceleradamente para não se molhar...

O céu escuro e o vento indeciso que não sabe para onde soprar, as folhas das árvores molhadas e o trovão que ruge constantemente fazendo o mundo silenciar.

As pessoas se escondem em suas casas e olham entre as vidraças. Crianças saem para tomar banho de chuva, e se divertem nos quintais. Enquanto a mãe com a feição preocupada chama seu filho para dentro, para não ficar resfriado.

A chuva vai acabando, e a harmonia vai se tornando lenta e calma. O sereno vai acalentando e acalmando....
Enquanto isso continuo aqui observando tudo e a tomar o meu chá de hortelã.

 Aceita?

Foto: Reprodução


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Pensamentos inusitados | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes